Entrevista Victor Sbrissa

Poker Pro Brasil nas Redes Sociais

Twitter
Instagram
Facebook
iTunes

Acesse a nossa Playlist no Spotify

WhatsApp (11) 97206-8732

 

Links e Referências deste Episódio

4bet Poker Team
BSOP – Brazilian Series of Poker
Caio Hey
Evandro Vitoy
Feder Holz
GremistaAK
João Bauer
LAPT 2013
LAPT 2014
Larissa Metran
Peter “pitaoufmg” Patricio
Poker Stars
Steal Team
Thiago Grigoletti
Thiago Martins

Entre em contato com o Victor Sbrissa

Twitter
Instagram
Twitch.tv
Facebook
e-mail

 

Poker Pro Brasil


Fala galera, sejam muito bem vindos a mais um episódio do Pokercast Poker Pro Brasil. Aqui quem fala é o Sergio AT Oliveira e hoje eu tenho a honra de entrevistar um amigo lá dos primórdios do poker e que já é conhecido pela maioria de vocês.

Olá Victor Sbrissa, muito obrigado por aceitar o meu convite e seja muito bem vindo ao nosso podcast!

Victor Sbrissa

E ae Sergião, beleza? Obrigado pelo convite! Eu que agradeço a oportunidade de contar um pouco da minha história, um pouco das minhas experiências também. Eu gostaria de parabenizar a toda a sua equipe pela atitude e pela ideia de fazer esse podcast sobre poker, sobre as pessoas que estão começando no poker e sobre os profissionais. Enfim, falando um pouco mais do nosso mercado, que está crescendo a cada dia.

Poker Pro Brasil

Legal Victor, mais uma vez obrigado por participar do nosso Podcast.

Para começar fala um pouco sobre você: sua idade, onde você mora e há quanto tempo você joga.

Victor Sbrissa

Eu moro em São Paulo, na capital, tenho 27 anos, sou publicitário de formação e jogo poker há cerca de 10 anos.

Poker Pro Brasil

E antes de você começar a jogar poker, o que você fazia? Já possuía alguma profissão ou era um vagabundo nato? kkkk

Victor Sbrissa

Mais ou menos isso, kkkk. Eu comecei a jogar poker com 17 anos. Os meus pais costumavam muito de ir ao bingo, mas não era algo que eu curtia. Então, o meu irmão descobriu que havia uma casa de poker muito próxima ao bingo que os meus pais frequentavam, lá no Tatuapé. Na época eu ainda era menor, mas consegui entrar na casa para conhecer. Esse foi o meu primeiro contato com o Poker.

Como nessa época eu ainda era estudante, eu não me dediquei muito ao poker. Então, era algo que eu fazia de vez em quando, sem muito compromisso.

Poker Pro Brasil

Então você conheceu o poker, basicamente, através do seu irmão?

Victor Sbrissa

A gente sempre gostou muito de jogo, qualquer jogo. A gente corujão de Conter Strike e e outros jogos, ou seja, passava a noite acordado e um final de semana inteira jogando. Isto era uma delicia, muito divertido.

Então, o meu irmão fazia pesquisas sobre jogos na internet e eu meio que ia na onda dele. E quando falava de poker ninguém botava muita fé, mas quando conhecemos o clube percebemos que era um ambiente muito bacana e começamos a frequentar. Foi bem legal!

Poker Pro Brasil

Você disse que joga profissionalmente desde 2011, ou seja, cerca de 5 a 6 anos. Em que momento você decidiu se tornar profissional de Poker?

Victor Sbrissa

Então cara, isso aconteceu quando eu comecei a entender a dinâmica do jogo, a rotina de um profissional. Entender que aquilo era a minha profissão e que me dava dinheiro. Entender que eu precisava ser bom naquilo.

Antes disso, eu não estudava. Eu simplesmente jogava com base nas regras básicas do jogo e na minha experiência no jogo. Ou seja, eu não tinha muita base teórica. Eu fazia algumas jogadas meio arrojadas, mas sem ter muita noção do que estava fazendo.

Então eu ganhava algum dinheiro com o Poker, mas não podia dizer que eu era profissional simplesmente porque havia ganhado R$ 1.000 no torneio da pizza.

Em 2011, o meu irmão foi participar da Poker Vila do 4bet. Foi nesta época que eu comecei a me dedicar profissionalmente, pois comecei a entender a rotina do jogo, as ferramentas e que havia algo mais do que simplesmente jogar e jogar.

Em 2012, foi a grande virada da minha vida como profissional, pois eu já havia jogado em alguns times, mas ainda era muito irresponsável com tudo. Nesta época eu entrei para o Steal Team (time do João Bauer) e ele me orientou a escutá-lo e a seguir uma rotina de forma mais responsável e que, se eu fizesse isso, os resultados iriam aparecer.

O Poker exige, como qualquer outra profissão, uma rotina para que os resultados possam aparecer. O Poker te proporciona um Life Style diferente de outras profissões, ou seja, ele te dá uma certa liberdade para fazer o que quiser, mas é preciso que se tenha uma rotina para que os resultados aconteçam.

Foi somente quando eu entrei no Steal Team que comecei a entender essa rotina do jogo e a me dedicar mais. Nesta época, eu também conheci outros profissionais como o João Bauer e o Evandro Vitoy. Também conheci a Larissa Metran, o Grigoletti e o GremistaAK.

Como eu comecei a me dedicar mais ao jogo, os resultados começaram a aparecer e consegui conquistar o meu primeiro grande resultado online, com a conquista de um Big 109.

Logo no inicio de 2013, eu tive a oportunidade de jogar o LAPT Brasil 2013, através de investidores, sendo esta a minha primeira grande conquista ao vivo. A história do LAPT é longa, mas e incrível!

Poker Pro Brasil

Então, foi nessa época que você percebeu que se levasse a sério você poderia crescer bastante?

Victor Sbrissa

Isso mesmo. Antes disso, eu praticamente não me dedicava profissionalmente. Foi exatamente nessa época que, com mais dedicação, as coisas poderiam acontecer.

Poker Pro Brasil

E você não tinha o hábito de estudar e se dedicar ao jogo por relaxo ou por acreditar que não era necessário?

Victor Sbrissa

Eu acredito que não estudava porque achava quer era melhor que os outros e porque as jogadas que eu fazia davam certo. Só que existe uma grande diferença em fazer algo que está dando certo e saber o que estava fazendo.

Eu pensava assim: se eu estou ganhando fazendo desta forma, por que eu preciso mudar?

Então, foi através dos times que eu percebi a importância dos estudos e que eu precisa me dedicar muito mais para obter melhores resultados.

Poker Pro Brasil

E no ano seguinte você conseguiu fazer novamente uma mesa final do LAPT Brasil 2014, mas desta vez sendo realizada junto com o BSOP?

Victor Sbrissa

Isso. Em 2013 foi uma etapa isolada, patrocinada pelo Poker Stars, e no ano seguinte eu cheguei na mesa final no mesmo evento, mas que foi realizado em conjunto com o BSOP. Foi quando eles se uniram para realizar um evento maior.

Eu fiz o back to back neste evento e acabei ficando em segundo lugar, perdendo apenas para o Caio Hey.

Acesse o nosso podcast e ouça a entrevista na íntegra


Poker Pro Brasil nas Redes Sociais

Acesse a nossa Playlist no Spotify

WhatsApp (11) 97206-8732

Poker Mathe 2.0